Vacinação contra Sarampo terá ‘Dia D’ neste sábado, dia 19

Neste sábado, dia 19, será realizado o “Dia D” de vacinação contra sarampo, em todo o Estado de São Paulo. A iniciativa visa ampliar a adesão à campanha em curso, que vai até 25 de outubro.

A imunização é destinada a crianças entre 6 meses e 5 anos, considerada a faixa etária mais vulnerável a apresentar complicações pela doença. O público-alvo da campanha deve ser levado aos postos de saúde, preferencialmente com a carteirinha de vacinação, para que um profissional verifique a necessidade de aplicação da dose.

Em Venceslau a vacinação será realizada das 8 às 17 horas no Centro de Saúde e no ESF da Vicentina. Também será realizada na ocasião atualização de caderneta de vacinação para qualquer idade. A solicitação é que os pais e responsáveis levem o cartão SUS e caderneta de vacinação.

Já em Epitácio a vacinação terá início as 8 e término programado para as 13 horas, sendo as doses aplicadas no Cento de Saúde da rua São Paulo e também no Centro de Saúde do Distrito do Campinal. Também é necessária a apresentação da caderneta de vacinação. A Campanha Nacional teve início o dia 7 de outubro, e segue até o dia 25.

VACINAÇÃO PARA ADULTOS

Entre os dias 18 a 30 de novembro, será realizada a vacinação de adultos com idades entre 20 a 29 anos. Para esta faixa etária, o ‘Dia D de mobilização nacional, será 30 de novembro.

CALENDÁRIO

O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da tríplice aos 12 meses e também aos 15 meses para reforço da imunização com a tetraviral, que protege também contra varicela. Neste ano, os bebês com menos de 12 meses também devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário.

A vacina é contraindicada para bebês com menos de 6 meses. A recomendação para os pais e responsáveis por crianças nessa faixa etária é evitar exposição a aglomerações, manter higienização adequada, ventilação adequada de ambientes, e sobretudo que procurem imediatamente um serviço de saúde diante de qualquer sintoma da doença, como manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite, manchas brancas na mucosa bucal. Somente um profissional de saúde poderá avaliar e dar as recomendações necessárias.

Mais Notícias