Doria muda novamente ordem para transferência de agentes para Caiuá

Após diversas manifestações de repúdio por parte dos agentes penitenciários, prefeitos, vereadores e deputados da Região, em desfavor da Resolução SAP 148/2019, a Secretaria de Administração Penitenciária - SAP, voltou atrás e mudou novamente os critérios para transferência de agentes penitenciários que irão ocupar as novas vagas de serviço no presídio de Caiuá que será inaugurado nos próximos dias..

A revogação foi publicada por meio da resolução SAP 153, de 8 de novembro de 2019, no Diário Oficial da União – DOU, e nela consta que após estudos técnicos realizados, a SAP constatou que os objetivos almejados ao adotar a Lista Prioritária de Transferência Especial – LPTE para compor o quadro de pessoal do Centro de Detenção Provisória – CDP de Caiuá não atenderia aos propósitos da pasta. A resolução ainda determina que o quadro de pessoal do futuro CDP II de Caiuá seja composto pelos servidores inscritos na Lista Prioritária de Transferência – LPT para o CDP “Tacio Aparecido Santana” de Caiuá.

A nova medida atende o pedido de manifestantes e agentes que reivindicaram o uso da LPT para convocação dos agentes e beneficia aqueles que há muito tempo aguardam para voltar a trabalhar mais próximos de seus lares.

A inauguração do CDP II está prevista pela SAP para ser realizada ainda no segundo semestre de 2019, terá capacidade para 800 presos e funcionará com cerca de 160 agentes.

Mais Notícias