Investigações levam à prisão de suspeita de tramar assassinato de mulher em Dracena

A Polícia Civil deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Dracena (SP) e deteve na manhã desta segunda-feira (17) uma mulher de 25 anos suspeita de envolvimento em um assassinato ocorrido no último dia 30 de janeiro na cidade.

O crime vitimou uma mulher, de 29 anos, que faria aniversário no dia que foi sepultada, quando completaria 30 anos.

Segundo a Polícia Civil, o laudo pericial apontou que a vítima teria sido agredida com socos e chutes e também estrangulada.

Com a ordem judicial em mãos, policiais civis dirigiram-se ao Jardim Brasilândia, em Dracena, onde localizaram e prenderam a suspeita, que já teve o seu indiciamento formalizado.

A mulher foi transferida para uma unidade prisional da região, onde ficou à disposição da Justiça.

No dia do crime, um homem de 31 anos, apontado como o provável autor, já havia sido preso em flagrante. Na ocasião, ele confessou a autoria do crime, alegando como motivação o ciúme da amizade mantida entre a sua ex-companheira e a vítima do homicídio.

O prosseguimento das investigações pela Polícia Civil comprovou o envolvimento de uma segunda pessoa na autoria do crime, tratando-se da ex-companheira do indivíduo autuado em flagrante na data do assassinato.

As investigações demonstraram que a mulher detida nesta segunda-feira (17), em virtude de um desentendimento anterior, havia tramado a morte da vítima, sendo auxiliada na execução do crime pelo indivíduo preso em flagrante na ocasião do assassinato.

Diante das provas apuradas, a Polícia Civil representou pela prisão da suspeita, o que resultou na medida deferida pela Justiça.

 As informações são do G1/Presidente Prudente

Mais Notícias