Banco Mundial confirma eleição de Weintraub para diretoria do conselho

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi eleito nesta quinta-feira (30) diretor-executivo no conselho administrativo do Banco Mundial. O resultado oficial foi divulgado em comunicado pelo banco. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

“O Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub foi eleito pelo grupo de países (conhecido como constituency) representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago para ser Diretor Executivo no Conselho do Banco”, diz o comunicado.

O mandato de Weintraub vai até 31 de outubro e, depois, precisa ser renovado. Ao ser indicado para o cargo, o Ministério da Economia ressaltou o currículo do ex-ministro.

“Com mais de 20 anos de atuação como executivo no mercado financeiro, Weintraub foi economista-chefe e diretor do Banco Votorantim, além de CEO da Votorantim Corretora no Brasil e da Votorantim Securities no Estados Unidos e na Inglaterra”, afirma o texto.

No entanto, Weintraub enfrentou resistência de funcionários do banco que se organizaram contra sua indicação. Políticos brasileiros também criticaram a indicação.

Em um vídeo publicado no último dia 28, o ex-ministro disse que já havia participado de reuniões no Banco Mundial. “Essa semana já tive algumas reuniões, estou me preparando. Semana que vem começo oficialmente já como diretor do Banco Mundial”, disse Weintraub dois dias antes do resultado da eleição.

As informações são da Folha de S. Paulo.

Mais Notícias