Escolas de SP enviam termo de responsabilidade aos pais caso filhos se contaminem com o coronavírus na volta às aulas

Escolas da rede estadual de São Paulo começaram a enviar às famílias um termo para que os pais se responsabilizem caso os filhos se contaminem com a Covid-19 após a retomada das aulas, com a justificativa de que “o vírus circula por todo o mundo e não somente na escola”.

O documento, que está sendo entregue em escolas da Diretoria de Ensino Regional Sul 3, apresenta duas opções para os pais ou responsáveis. A primeira é não permitir o retorno dos filhos às aulas e se responsabilizar pelo cumprimento das atividades à distância. A segunda é permitir o retorno demonstrando conhecimento dos riscos envolvidos e obrigações a serem cumpridas, que são:

  • A responsabilização em caso de contágio com a Covid-19 pela criança;
  • O cumprimento das exigências de segurança e do uso de EPIs;
  • A ciência do esquema de revezamento das aulas presenciais e do funcionamento da escola em horários diferenciados;
  • E a entrega das atividades a serem feitas em casa.

O termo pede ainda para os pais indicarem se o filho faz parte do grupo de risco e se o aluno terá os equipamentos de EPI solicitados.

Por enquanto, a rede estadual de São Paulo está com o retorno às aulas previsto para o dia 08 de setembro, mas isso depende de as regiões estarem há pelo menos 28 dias consecutivos na fase amarela do Plano São Paulo.

*Com informações do G1

Mais Notícias