Filha do cantor Belchior e namorada são presas por assassinato de pedófilo

A filha do cantor Belchior, Isabela Menegheli Belchior, de 26 anos, e a namorada dela, Jaqueline Priscila Dornelas Chaves, 31, foram presas após se apresentarem à Polícia Civil de São Carlos, no interior de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (13). O casal confessou a participação no assassinato do metalúrgico Leizer Buchiwieser dos Santos, em agosto de 2019, que era suspeito de praticar pedofilia. 

De acordo com as investigações, Isabela e Jaqueline teriam armado uma emboscada contra o homem, e contaram com o apoio de outros dois suspeitos, que também tiveram a prisão preventiva decretada. Ainda segundo a polícia, Leizer era pedófilo e costumava marcar programas sexuais através das redes sociais, sempre solicitando o envolvimento de uma criança.

Com isso, Jaqueline marcou um encontro com Santos, cobrando R$ 500 pelo programa, e teria levado a sobrinha de três anos. Os investigadores acreditam que a intenção do grupo era extorquir o homem, usando a menina como uma espécie de isca. No entanto, ao chegarem no local combinado, os suspeitos se envolveram em uma briga com o metalúrgico, que acabou sendo esfaqueado.

Após o crime, o corpo de Leizer foi abandonado em uma área rural de São Carlos e foi encontrado dias depois por moradores da região. Os advogados de defesa do casal alegam que a criança apontada nas investigações não estava presente no dia do assassinato e, além disso, afirmam que as duas mulheres têm a intenção de esclarecer o ocorrido e pagar pelos delitos praticados.

O caso registrado como latrocínio, crime caracterizado pelo roubo seguido de morte, segue sob investigação. 

*Com informações do SBT

Mais Notícias