Parrerito, cantor do trio Parada Dura, morre aos 67 anos

Parrerito, cantor do Trio Parada Dura, morreu aos 67 anos na noite deste domingo (13), após complicações causadas pela covid-19. Parrerito era diabético e teve complicações no rim e no coração, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. O cantor deixa mulher e filhas.

O músico recebeu o diagnóstico para o covid-19 no dia 29 de agosto, quando foi internado. Três dias depois, o cantor sofreu um mal súbito e foi levado à UTI em estado grave, mas estável, com 50% do pulmão comprometido. Ele não resistiu e morreu neste domingo por volta das 22h.

Os outros integrantes do Trio Parada Dura, Creone e Xonadão, tiveram resultado negativo no teste para a doença. A mulher de Parrerito contraiu a doença, mas se recuperou em casa.

O cantor Leonardo recebeu a notícia da morte de Parrerito durante a live que fazia com Jorge & Mateus e Bruno & Marrone, em comemoração ao dia da cachaça. Emocionado, o cantor fez uma homenagem ao músico. “Todos os amantes da música brasileira, todos nós sabemos que o maior trio da música sertaneja foi o Trio Parada Dura. E agora, no final da nossa live, nós tivemos uma triste notícia, que o Parrerito veio a falecer. Então, hoje, o Brasil e o mundo da música sertaneja têm essa falta, tem uma lacuna na música sertaneja, de um âncora que puxava todos nós que cantavam a música como se fosse o Trio Parada Dura, com mais de 50 anos de carreira. Aqui, hoje, nessa live, cantamos umas dez”, falou Leonardo.

Mais Notícias