Média diária de mortes por coronavírus fica abaixo de 100 no estado de SP pela primeira vez desde abril

A média móvel diária de mortes por coronavírus registrada nesta terça-feira (27) no estado de São Paulo ficou abaixo de 100 pela primeira vez desde o dia 26 de abril. O índice leva em consideração os registros dos últimos 7 dias e minimiza as diferenças das notificações.

Nesta terça, a média móvel diária de mortes é de 91. A variação foi de -27% em relação ao valor registrado há 14 dias, o que para os especialistas indica queda. Como o cálculo da média móvel considera um período maior, é possível medir de forma mais fidedigna a tendência da pandemia.

O estado de São Paulo chegou a ficar 183 dias com mais de 100 registros de mortes diárias confirmadas pela Covid-19. Destes, por mais de três meses os registros foram maiores que a média móvel de 200 mortes por dia, o chamado platô de estabilidade no ponto mais alto da curva epidemiológica.

A média móvel de casos confirmados por dia é de 4.178 nesta terça. O número de casos confirmados inclui resultados positivos em exames laboratoriais para Covid-19, tanto do tipo rápido, que verifica apenas a presença de anticorpos e aponta para infecção passada, quanto o que analisa a presença do vírus no organismo no momento do teste - o chamado exame RT-PCR.

Nesta terça-feira, foram registradas 132 novas mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, chegando ao total de 38.885 óbitos desde o início da pandemia. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, também foram registrados 5.364 novos casos confirmados, elevando o total para 1.098.207.

As novas confirmações em 24 horas não significam que as mortes e casos aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no sistema neste período. Os valores costumam ser menores aos finais de semana e segundas-feiras, devido ao atraso nas notificações.

Semana epidemiológica
Na última semana epidemiológica, entre os dias 18 e 24 de outubro, foram registradas 734 mortes, o valor é o mais baixo desde abril, quando foram registradas 676 mortes na semana entre os dias 19 e 25.

A queda no número semanal acontece após o estado permanecer por 23 semanas seguidas com o total de mortes acima de mil.

As informações são do G1.

Mais Notícias