Bárbara Vilches é eleita e torna-se a primeira mulher prefeita de Venceslau

Com dados extraoficiais apurados pelo site PORTAL BUENO, a candidata Bárbara Vilches, 33 anos de idade, filiada ao Partido Verde, é eleita prefeita de Presidente Venceslau. Ela vai assumir o comando da prefeitura em 1º de janeiro para o mandato que terminará em 31 de dezembro de 2024.

A candidata eleita tem como vice o também jovem Everton Santos, conhecido como Everton Enfermeiro.

Eles vão suceder o prefeito Jorge Duran (PSD) que foi eleito em 2012 e reeleito para o segundo mandato em 2016.

Dentro de alguns instantes traremos dados oficiais do resultado e os vereadores eleitos.

Histórico
Bárbara ganhou a eleição com o maior número de candidatos já registrado na cidade. Ao todo oito candidaturas buscavam o cargo de prefeito nessa eleição.

A prefeita eleita é formada em jornalismo, possuí especialização em fotografia e é comerciante proprietária de uma loja de moda íntima em Presidente Venceslau.

Chegou a estagiar na prefeitura venceslauense na gestão de Ernane Erbella na função de assessoria de imprensa municipal. Em meados de 2013 assumiu a assessoria de imprensa da Câmara Municipal, função que permaneceu até meados de 2016 quando foi desligada.

Já no final de 2016 assumiu a presidência da Associação Lar Aconchego de Presidente Venceslau, após a Justiça ter feito intervenção e destituído o então presidente Pastor Jonas, por supostas irregularidades que sofreram indicação de arquivamento por falta de provas.

Com forte mobilização na sociedade, Bárbara conseguiu reunir apoio e organizou campanhas para arrecadar recursos com a finalidade de iniciar as obras de construção da sede própria do Lar Aconchego.

No final de 2019 protagonizou uma discussão pública por meio da imprensa com o prefeito Jorge Duran. Ela ameaçou fechar o Lar Aconchego caso o prefeito não aumentasse verba para manutenção do acolhimento de crianças. Após um longo impasse, prefeitura e associação chegaram a um acordo neste ano de 2020 e os serviços de acolhimento de menores em situação de vulnerabilidade social seguem com a entidade.

Em maio de 2020, Bárbara deixou a associação para disputar a eleição neste ano sendo candidata pela primeira vez.

Mais Notícias