Usina Decasa é arrematada por R$ 21,6 milhões

Foi encerrado na terça-feira (2), às 18h15, o leilão judicial eletrônico realizado para a venda da massa falida da Usina Decasa Açúcar e Álcool S/A, localizada em Marabá Paulista (SP). A proposta do licitante vencedor foi de R$ 21.646.739,19.

O leilão foi iniciado às 10h e contou com a participação de três pessoas.

Conforme a descrição do lote, foi colocado à venda o Parque Industrial, registrado com a matrícula número 15.820 do Cartório de Registro de Imóveis de Presidente Venceslau, acrescido de benfeitorias, construções, instalações industriais, mobiliários, equipamentos e veículos agrícolas que compõem o empreendimento sucroalcooleiro. O valor total da avaliação do espaço é de R$ 35.653.478,37, atualizado através do índice do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em novembro do ano passado.

O pagamento da arrematação poderá ser feito à vista ou parcelado, sendo que será acolhida a proposta que melhor atender aos interesses da massa falida. O pagamento à vista deve ser feito através de guia de depósito judicial emitida pelo leiloeiro no dia útil seguinte após o término do leilão. Para parcelar, o interessado deveria apresentar até o início do leilão, se possível, a proposta por escrito, indicando pelo menos 25% do valor do lance à vista em 24h a partir da finalização do leilão; saldo remanescente poderá ser parcelado em até trinta meses; será admitido o pagamento das parcelas em guia de depósito judicial vinculada ao processo; e até a quitação do pagamento, o imóvel arrematado ficará gravado com hipoteca.

O lote está localizado na Zona Rural, com acesso principal pela rodovia Raposo Tavares (SP-270), adentrando pela SPA-020, ficando a 30 quilômetros de Presidente Venceslau.

O edital do leilão foi produzido pela 3ª Vara da Comarca de Presidente Venceslau, responsável por decretar a falência da Usina.

As informações são do Jornal Integração.

Mais Notícias