Dracena registra casos da variante brasileira do coronavírus

A secretária-adjunta da Saúde em Dracena (SP), Geni Pereira Lobo Pesin, confirmou que o município registrou casos da variante brasileira da Covid-19.

De acordo com informações, foram coletadas 10 amostras para exames, realizados em São Paulo, destas, nove eram da variante conhecida como P1 e o outro era de outra variante, ainda não informada.

No dia 23 de fevereiro, o prefeito de Dracena, André Kozan Lemos (PATRIOTA), autorizou a coleta de amostras para identificar se a variante brasileira do novo coronavírus, conhecida como P1, ou "variante de Manaus", já havia infectado algum morador do município.

O anúncio foi feito em uma live na rede social. Na ocasião, o chefe do Poder Executivo disse que não havia comprovação científica sobre a circulação da nova variante, mas que "indícios" mostravam essa possibilidade.

“Todos os indícios levam que a gente esteja já com essa cepa nova. Isso exige que a gente tenha redobrado os cuidados, principalmente os jovens, que andaram abusando, participando de festas clandestinas, nós tivemos o óbito de uma moça de 25 anos ontem, outra de 30 [anos] na semana passada, outra de 27. Todos os indícios levam que a gente esteja convivendo com a nova cepa. Além de tirar a vida de jovens, é um vírus que é mais rápido, evolui muito depressa. Quando a pessoa começa a ter falta de ar, ela já tem comprometimento pulmonar muito severo, e a gente não sabe qual vai ser o índice de sucesso do tratamento dessas pessoas”, frisou o chefe do Poder Executivo no dia 23 de fevereiro.

As informações são do G1.

Mais Notícias