Butantan desenvolve soro para tratar pacientes com covid-19

O governo de São Paulo apresentou, nesta sexta-feira (5), um soro desenvolvido pelo Instituto Butantan para tratar pacientes com covid-19. O instituto paulista protocolou na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) o pedido para que pacientes com a doença possam ser tratados com o soro. Os estudos estão sendo conduzidos pelos médicos Ésper Kallas e José Medina, membros do Centro de Contingenciamento da Covid-19 em São Paulo.

De acordo com o instituto, existem hoje três mil frascos prontos para serem utilizados no estudo clínico e mais três mil para serem envasadas. "O Butantan tem uma fazenda com 640 hectares onde mantemos uma tropa com mais de 800 cavalos. Separamos um número inicial de animais para esse desenvolvimento. Eles foram submetidos ao vírus, desenvolveram anticorpos que deram origem ao produto", explicou Dimas Covas, diretor do instituto. 

Segundo Covas, o Instituto aguarda autorização do órgão para iniciar o estudo clínico. "Os animais que foram tratados tiveram o pulmão protegido, mostrando a efetividade do estudo."

A Anvisa recebeu, na terça-feira (2), do Instituto Butantan, o pedido de autorização para o Dossiê de Desenvolvimento Clínico de Medicamento (DDCM) do soro Hiperimune ant-SARS-CoV-2, também conhecido com soro equino contra Covid-19. 

As informações são do R7.

Mais Notícias