Mulher de 56 anos deixa UTI de Epitácio após 18 dias intubada

Após passar 18 dias intubada com complicações provocadas pela Covid-19, a epitaciana Mariza Rolim, 56 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensiva – UTI da Santa Casa de Presidente Epitácio. A informação foi divulgada pela assessoria do hospital nesta quarta-feira (07).

De acordo com a nota, a paciente deu entrada na unidade de saúde no último dia 13 de março. Após uma complicação no quadro de saúde ela teve que ser intubada e a situação exigiu cuidados especiais.

Após a extubação, Mariza deixou a UTI mas ainda não recebeu alta hospitalar. Ela segue na Santa Casa para recuperação motora em função do longo período de intubação.

A fisioterapeuta Letícia Neres explica que nesse caso o trabalho que está sendo realizado no momento é voltado para a recuperação kotora uma vez que devido há tantos dias hospitalizada e intubada, usando sedativos e bloqueador muscular, é notável a fraqueza.

“Conseguimos promover a recuperação da capacidade pulmonar e respiratória, e agora um dos nossos principais esforços são para que ela consiga fortificar todos os movimentos”, relata a fisioterapeuta. Letícia Neres, que atua no hospital epitaciano.

UTI em Epitácio
A UTI da Santa Casa de Presidente Epitácio foi inaugurada em 30 de outubro de 2020 para atender pacientes com coronavírus de toda a região. Ao todo são oferecidos 10 leitos. Desde o início das atividades a UTI epitaciana registra altos índices de ocupação em função da pandemia.

Nesta quarta-feira (07) a ocupação chegou a 100% dos leitos com 10 pacientes hospitalizados em função de problemas provocados pela Covid-19. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Epitácio são oito epitacianos que estão internados na UTI sendo que 06 casos estão confirmados para o coronavirus e 02  casos suspeitos. Há ainda outros dois pacientes da região internados com Covid-19 no local.

O hospital epitaciano, que está sob intervenção municipal, não possuía a UTI. De acordo com a prefeita Cássia Furlan, a administração municipal utilizou parte dos recursos na ordem de R$ 5 milhões de reais destinados para a cidade pelo Governo Federal para implantar o serviço na Santa Casa.

Mais Notícias