Globo pediu até perdão à Conmebol para transmitir Copa América antes de criticar torneio

Veículo de críticas severas à realização da Copa América no Brasil em plena pandemia, a Globo fez várias tentativas de transmitir o torneio de seleções, que começa no próximo domingo (13). Antes de participar da concorrência pelos direitos de exibição, perdida para o SBT, a emissora enviou seus principais executivos ao Paraguai e chegou a pedir perdão à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

O perdão (ou "waiver", no linguajar técnico, literalmente renúncia em inglês) era necessário porque a Globo está sendo processada pela Conmebol, por ter rescindido o contrato que lhe dava direito de transmitir a Copa Libertadores da América até a edição de 2022. Sem ele, a Globo não pode disputar direitos de exibição de competições da Conmebol.

Leia a informação completa dos jornalistas Daniel Castro e Vinicius Andrade. Clique aqui.

Mais Notícias