Gerente do Banco do Brasil de Venceslau morre com complicações da Covid-19

O gerente da agência do Banco do Brasil em Presidente Venceslau, Eduardo Fernandes Borges, morreu aos 43 anos de idade na madrugada desta terça-feira (15). Ele estava internado no hospital  Nossa Senhora das Graças em Presidente Prudente com quadro grave em decorrência da Covid-19 e teve uma parada cardiorrespiratória.

Ele cumpria isolamento social desde quando testou positivo para a doença. Durante o período de tratamento, houve a necessidade de internação devido a gravidade do quadro, e na madrugada de hoje ele veio a óbito.

Eduardo estava no comando da agência de Presidente Venceslau desde meados de 2019, mas residia com a família em Presidente Prudente.

O corpo de Eduardo será sepultado as 16 horas desta terça-feira no Cemitério Municipal Campal em Presidente Prudente.

Por conta da morte do gerente, a agência venceslauense do Banco do Brasil está em luto e suspendeu o atendimento presencial. Em contato com o PORTAL BUENO, a agência informou que somente a sala de auto atendimento nos caixas eletrônicos está funcionando com o processamento de envelopes de depósito até as 14 horas. Amanhã o atendimento será normalizado.

Mais Notícias