Unoeste expulsa alunos de veterinária que mutilaram cachorro em Prudente

A Universidade do Oeste Paulista – Unoeste, emitou nota no início da noite desta terça-feira (15) afirmando que decidiu expulsar os alunos do curso de veterinária que promoveram uma castração irregular de um cachorro em Presidente Prudente. “Comunicamos a expulsão dos envolvidos, já que tal acontecimento não condiz com os nossos princípios institucionais. Desejamos profundamente que fatos como este não se repitam em qualquer lugar do planeta”, disse a Unoeste em nota publicada por meio das redes sociais.

O cachorro foi resgatado pela 3ª Companhia de Policiamento Ambiental. O cão estava em uma república de estudantes que fica no Jardim Vale do Sol, em Presidente Prudente. De acordo com a corporação, a guarnição foi ao local após denúncia de maus-tratos a animal doméstico. 

O procedimento cirúrgico foi gravado e publicado em uma rede social, informação que também foi levada ao conhecimento dos militares. Quando a equipe chegou ao endereço, os responsáveis já não estavam mais na residência, somente os animais de estimação. 

Confira abaixo na íntegra a nota emitida pela Unoeste sobre o caso envolvendo os alunos.

“Lamentamos profundamente a atitude dos envolvidos na castração irregular e maus-tratos de um cão, fato esse ocorrido fora do ambiente da universidade. Desde o momento que a universidade foi informada sobre o caso, na noite desta segunda-feira (14 de junho), gestores da instituição, juntamente com os departamentos jurídico e de segurança, estão em contato com as autoridades policiais acompanhando o caso, assim como se colocou à disposição para acolher e dar todo o suporte ao tratamento necessário ao animal.

Há mais de 30 anos, quando iniciamos a Faculdade de Ciências Agrárias, intensificamos a luta pela causa de proteção aos animais de companhia, produção ou silvestres. Este acontecimento recente, que felizmente foi descoberto a tempo de salvar as vidas ali em risco, não condiz com a missão, visão e valores institucionais.

Temos a maior estrutura do oeste paulista no atendimento aos animais, que é referência no país e presta diferentes serviços para toda a região de Presidente Prudente, inclusive mantém parcerias com entidades de proteção aos animais. Todo início de semestre realizamos o nosso tradicional trote do bem com a doação de toneladas de ração para ONGs da região. São muitas atividades voltadas ao bem-estar animal e, sem dúvidas, esse fato deixou toda a comunidade interna e externa estarrecida.

Por isso, comunicamos a expulsão dos envolvidos, já que tal acontecimento não condiz com os nossos princípios institucionais. Desejamos profundamente que fatos como este não se repitam em qualquer lugar do planeta, e reforçamos aqui o nosso compromisso de lutar para que os animais recebam todo cuidado e carinho que merecem”.

Mais Notícias