Corpo de dono de pousada que estava desaparecido é localizado no Rio Paraná

O corpo de  Valdir Greter de 68 anos, dono de uma pousada no distrito do Campinal, município de Presidente Epitácio, foi localizado na manhã desta terça-feira (05), no Rio Paraná, na região do Paredão das Araras, próximo ao Rio Taquarussu, próxima a margem do lado sul-matogrossense do rio. 

Valdir desapareceu nas águas do Rio Paraná após temporal da última sexta-feira (01), que atingiu Bataguassu e toda a região da divisa dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Valdir e outro pescador estavam no rio no momento dos ventos que atingiram aproximadamente 100 km/h. O seu amigo foi localizado na manhã de sábado (02) próximo ao Paredão das Araras no distrito de Campinal após passar a noite desaparecido.

Segundo informações, um amigo que ajudava nas buscas localizou o corpo e acionou os bombeiros de Presidente Epitácio que retirou a vítima do rio. 

O temporal de vento que pegou os pescadores de supresa no Rio Paraná na tarde de sexta-feira (01), chegou a deixar 10 pessoas a deriva. 

Além do caso de Valdir e seu amigo, no mesmo dia, outras 8 pessoas ficaram a deriva no Rio Paraná. Em um dos casos um dos pescadores conseguiu chegar a margem do rio, depois de boiar por cerca de 4 horas. Sendo resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Bataguassu aos fundos da fazenda Córrego Azul onde foi encaminhado ao Pronto Socorro da Santa Casa de Bataguassu e posteriormente foi levado para Presidente Epitácio.

O outro turista, ficou desaparecido por mais de 16 horas, sendo resgatado na manhã de sábado (02), preso a uma árvore seca no meio rio. Informações apontam também que chegaram a passar duas embarcações pelo pescador, mais não conseguiram resgata-lo, por risco de um novo acidente.

Outro caso ocorreu no trecho do Rio Paraná próximo a Presidente Epitácio (SP), três caiaques ficaram à deriva, mas as seis pessoas a bordo conseguiram ser socorridas ainda durante aquela noite.

Desde de sexta-feira, participaram das buscas, o Corpo de Bombeiros de Bataguassu e Presidente Epitácio, Marinha do Brasil além de amigos e familiares da vítima.

Com informações do Cenário MS.

Mais Notícias