Romeiros que seguiam para Aparecida morrem atropelados na Dutra

Quatro romeiros morreram atropelados na rodovia Presidente Dutra enquanto seguiam para Aparecida (SP) entre a noite de sábado (9) e madrugada de ontem (10). O dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, é celebrado amanhã (12).

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o primeiro caso ocorreu sábado por volta das 22h20. Um motorista de 74 anos, que estava embriagado, invadiu a faixa de canalização da Dutra e atropelou um homem de 47 anos, que era policial militar. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Outros dois homens de 23 e 40 anos também foram atingidos no acidente, socorridos e levados a um hospital da região. Não há informações sobre o estado de saúde deles. O grupo saiu de São José dos Campos (SP).

O motorista estava com a habilitação cassada e foi preso em flagrante.

Na madrugada, por volta das 4h10, duas mulheres foram atropeladas. Conforme a PRF, o motorista fugiu e não foi possível colher informações sobre ele ou o veículo.

As vítimas eram primas e o acidente ocorreu na altura do km 121, no município de Caçapava (SP). Elas caminhavam pelo acostamento e faziam parte de um grupo de romeiros que partiu de São Paulo com destino a Aparecida.

Uma delas, de 35 anos, foi socorrida em estado gravíssimo e levada para o Pronto-Socorro Regional de Taubaté. Já a outra, de 42, morreu no local.

Por volta das 9h, deste domingo (10), um ciclista morreu após ser atingido por um veículo no acostamento, no km 95 da rodovia, em Pindamonhangaba (SP). Três romeiros foram atingidos, um deles com ferimentos graves foi socorrido pelo Helicóptero Águia.

Segundo a PRF, a mulher que conduzia o veículo atingiu a traseira da bicicleta, perdeu o controle da direção e atropelou as três pessoas que estavam no acostamento, fora da rodovia. Ela acompanhava, de carro, a peregrinação do marido, que é romeiro.

As informações são do Uol.

Mais Notícias