Adolescente aciona PM após ver mãe ser arrastada pelos cabelos e levar socos do companheiro

Um homem foi preso depois ter agredido a companheira em uma casa no Jardim Iguaçu, em Presidente Prudente (SP), neste sábado (4). Segundo o boletim de ocorrência, foi a filha da mulher, de apenas 14 anos, que chamou a Polícia Militar.

De acordo com a mulher, seu companheiro jogou uma garrafa no chão, que quebrou. A vítima contou que essa garrafa quebrada causou um leve ferimento no pé, mas que ela ainda foi arrastada pelos cabelos, além de ter levado socos na cabeça.

A mulher apresentava ferimentos na cabeça e no joelho. Para se defender, a vítima disse que arranhou o autor que, diante de sua reação, parou com as agressões. Então, ele passou a fazer ameaças, dizendo que a mataria, e também a xingou.

O homem negou as agressões aos policiais e disse que houve apenas uma discussão e somente ele teria sido agredido. A Polícia Militar prendeu o autor em flagrante, que foi levado para a Delegacia Participativa.

Na unidade policial, o homem novamente negou as acusações. Contudo, diante dos depoimentos dos policiais militares, da vítima, bem como o laudo do Instituto Médico legal (IML), o delegado de plantão determinou a prisão e não foi arbitrada fiança.

Ainda segundo o BO, ele foi indiciado por lesão corporal, injúria, ameaça e violência doméstica.

As informações são do site G1 Prudente.

Mais Notícias