Quatro jovens protagonizam confusão e dois acabam presos em Bataguassu

Quatro jovens protagonizaram uma verdadeira confusão na noite desta segunda-feira em Bataguassu. 

A Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência na Avenida Estrada Uerê, no Bairro Acapulco, por volta das 22:30h do dia 9. 

Um rapaz de 21 anos pediu ajuda para a emergência depois de uma briga com a sua madrasta, uma jovem de 22 anos. Quando a polícia chegou ao local, a discussão entre ambos, madrasta e enteado, já havia cessado e eles conversavam amigavelmente. No entanto, os dois contaram aos agentes que uma terceira jovem, de 27 anos, que divide o quarto com a primeira garota, teria interferido na discussão de forma agressiva e invadido a casa do rapaz. Segundo o boletim de ocorrência, a última jovem foi posta para fora da residência do rapaz pela madrasta. 

Já no momento em que os policias faziam a abordagem e tentavam entender o que havia ocorrido no local, um outro homem, de 24 anos, desta vez, namorado da mulher que havia interferido na discussão e que foi expulsa da casa, passou a abordar toda a situação. O casal então, iniciou um novo desentendimento envolvendo todos os presentes. A partir deste momento as duas mulheres entraram em luta corporal na presença dos dois rapazes e da equipe policial que prestava o atendimento. Os agentes precisaram agir e separar as duas.

Com a pancadaria entre as duas garotas contida, o último rapaz a compor todo o alvoroço iniciou uma série de ameaças, tanto aos polícias que prestavam o serviço, como ao rapaz que havia solicitado a presença o atendimento. 

O registro da ocorrência narra que o homem teria dito aos policiais que pertence a uma organização criminosa e que buscaria vingança pelo ocorrido. Já a namorada dele, teria desafiado a equipe de polícia a prende-la, além de dizer diversos insultos. 

A confusão só terminou quando o casal foi algemado e encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil. 

O jovem quem solicitou o atendimento da guarnição não foi encaminhado a delegacia e consta no registro da ocorrência como a única vitima de toda a algazarra, sendo o crime contra ele, de ameaça.

A madrasta do rapaz também não foi levada para a delegacia, mas consta no registro como autora do crime de vias de fato. 

Já a dupla que interferiu na discussão inicial, ambos foram autuados e responderão por dois crimes cada um, sendo a mulher, por desacato e vias de fato, e o homem por ameaça e desacato. 

No boletim de ocorrência não consta a versão do casal apreendido e o rapaz que protagoniza como vítima da situação, declarou que não pretende prestar queixa por invasão de domicilio contra a amiga de sua madrasta. 

As informações são da Cenário MS.

Mais Notícias