‘O Planeta Proibido’ abre mostra especial de ficção científica no Sesc Thermas

Para abrir o Cine Bosque de abril, que contempla o especial “Clássicos Sci-Fi”, o Sesc  Thermas de Presidente Prudente exibe, a partir das 19h30 desta terça-feira (3), um dos maiores clássicos da ficção científica na história cinematográfica, o longa-metragem “O Planeta Proibido”. A entrada é gratuita.            

Produzido em 1956, durante a década de ouro do “Cinema Fantástico”, o filme assinalou um marco histórico no cinema do gênero, pois é composto por um roteiro original que propõe um futuro onde a humanidade se aventura na vastidão do universo.

Com direção do roteirista e cineasta norte-americano Fred McLeod Wilcox, a ação narra uma expedição liderada pelo Comandante John J. Adams, que viaja rumo a um planeta distante para descobrir o que aconteceu com uma colônia de cientistas. No entanto, apenas um membro é encontrado.

Inspirado, inclusive, na peça “A Tempestade”, de William Shakespeare, os 98 minutos de duração garantiram ao filme o título de percussor do gênero nos anos 50, por mesclar efeitos especiais, diferentes e inovadores jogos de câmera, além da originalidade audiovisual.

Apesar do perfil revolucionário e o reconhecimento como pioneiro, “O Planeta Proibido” não foi a primeira produção científica na década. Em 1951, o cinema mundial conheceu o longa-metragem “O dia em que a Terra Parou”, e em 1953 o filme “Guerra dos Mundos”. No entanto, conforme os críticos cinematográficos, o longa em questão trouxe o amadurecimento dessas obras por muitas décadas, servindo até mesmo de molde para célebres gravações como a Jornada nas Estrelas.

Mostra Sci-Fi                                                                    
Conhecida pela abreviatura Science Fiction, a sigla Sci-Fi representa as discussões em torno dos filmes de ficção científica, especialmente sobre a contribuição do gênero em prol do cinema.

No Sesc Thermas, diferentes exibições durante todo mês de abril convidam os interessados a questionamentos como: “Por que há tanto interesse por esses temas que parecem tão distante da gente?”, e “Por que não investigar sobre uma aproximação mais humana com esses assuntos tão misteriosos?”.

Uma das possíveis reflexões sobre o assunto é que poucas coisas assombram mais o homem cheio de razão do século 20 do que a possibilidade de existir outras formas de vida fora da terra. No entanto, o século 21 já chegou e estamos finalmente prontos para ousar e estreitar a convivência entre a ficção científica e nosso cotidiano.

O especial “Mostra Sci-Fi” conta ainda com a transmissão dos filmes: O planeta dos Vampiros (10/4), Fuga do Século 23 (17/4), e Eles Vivem (24/4).

Mais Notícias