Atrás de virada, Corinthians tem retrospecto positivo no Allianz

Precisando vencer o Palmeiras no Allianz Parque para ser campeão paulista no domingo (7), o Corinthians possui um retrospecto favorável na reformada casa do seu grande rival. Desde a modernização do Palestra Itália, os dois clubes se enfrentaram quatro vezes no estádio, com duas vitórias corintianas, um empate e uma derrota, além de seis gols marcados e quatro sofridos.

O primeiro Derby do Allianz Parque já terminou com triunfo do Corinthians. Em 8 de fevereiro de 2015, o time dirigido por Tite contou com um gol do meia Danilo para ganhar por 1 a 0 na fase classificatória do Campeonato Paulista.

Nos dois jogos seguintes, no entanto, o Palmeiras obteve resultados que não conduziriam a decisão deste fim de semana sequer para os pênaltis. Em 6 de setembro, também em 2015, disputou um Derby movimentado diante da sua torcida, mas um gol do ex-palmeirense Vagner Love sacramentou o empate por 3 a 3. No ano seguinte, em um 12 de junho (data do histórico título paulista de 1993, conquistado sobre o Corinthians), venceu por 1 a 0, com gol de cabeça do meia Cleiton Xavier.

O Corinthians voltaria a levar a melhor em 2017, com um placar que lhe asseguraria o troféu de campeão paulista de 2018 sem a necessidade dos pênaltis. O meia Jadson, de pênalti, e o lateral esquerdo Guilherme Arana anotaram no 2 a 0 de 12 de julho, em resultado importante para a campanha que culminaria com a conquista do Campeonato Brasileiro.

Apesar de ter perdido por 1 a 0 no último sábado, o Corinthians ainda está em vantagem nos jogos contra o Palmeiras realizados também em Itaquera. Foram oito, com quatro vitórias, um empate e três derrotas, acumulando 10 gols marcados e nove sofridos.

As informações são do Jornal Tribuna Livre.

Mais Notícias