Dólar opera em baixa após atuação do Banco Central

O dólar comercial passava a cair nesta quinta-feira (3), após operar em alta pela manhã. Por volta das 14h20, a moeda norte-americana operava em baixa de 0,41%, a R$ 3,535 na venda. Na véspera, o dólar subiu 1,3% e atingir o maior valor desde 2 de junho de 2016.

Para tentar conter a disparada do dólar, o Banco Central passou a atuar no mercado nesta quinta-feira. Entre fevereiro e abril, a moeda acumulou valorização de 10% sobre o real, sendo que só no mês passado saltou 6,16%.

No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, operava em baixa de 1,15%, a 83.571,25 pontos, após cair 1,82% na véspera.

Os mercados têm mostrado preocupações com a trajetória dos juros nos Estados Unidos. Na véspera, o Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) manteve as taxas inalteradas, mas expressou confiança de que a inflação ficará perto de 2%. O Fed prevê mais dois aumentos dos juros este ano, mas um número crescente de autoridades vê três como possível.

Juros maiores nos EUA poderia atrair para lá recursos aplicados hoje em praças financeiras consideradas de maior risco, como a brasileira.

No Brasil, a cena política também influenciava o mercado, diante das incertezas que rondam as eleições presidenciais de outubro. Investidores temem que um candidato menos comprometido com os gastos públicos possa ser eleito.

As informações são do site Uol.

Mais Notícias