Comércio de Presidente Venceslau perde 26 vagas

O comércio varejista de Presidente Venceslau perdeu 26 postos de trabalho em março último, conforme levantamento feito Sincomércio do Pontal do Paranapanema/Alta Paulista. No primeiro trimestre deste ano, o comércio venceslauense desempregou 42 funcionários.

Nos municípios do Pontal compreendidos pelo Sincomércio, Presidente Epitácio é o que mais emprega no comércio. Em março, o comércio varejista de Epitácio criou 26 vagas, mas perdeu 24, com saldo positivo de duas. No trimestre, Epitácio contabiliza saldo positivo de 17 postos de trabalhos.

Em relação aos municípios da Alta Paulista atendidos pelo Sincomércio, o destaque negativo em março foi Pauliceia, que perdeu 04 postos de trabalho. O destaque positivo foi Emilianópolis, que criou duas vagas. No acumulado dos três primeiros meses deste ano, o comércio varejista de Ouro Verde foi o que mais desempregou, totalizando menos 07 postos de trabalho. No trimestre, Emilianópolis foi o município que mais criou vagas no comércio, totalizando quatro postos de trabalho.

Geral
Nas duas regiões compreendidas pelo Sincomércio – Pontal e Alta Paulista -, em março último, foram fechados 26 postos de trabalho formal. O saldo negativo é resultado de 186 admissões e 212 desligamentos. Com isso, 27 vagas foram eliminadas no acumulado dos últimos doze meses, saldo de 2.107 admissões e 2.134 desligamentos. O varejo do Pontal do Paranapanema/Alta Paulista encerrou o mês com 6.674 trabalhadores ativos, sendo o setor de supermercados o que mais emprega.

No acumulado de abril de 2017 a março de 2018, em termos absolutos, a redução do mercado de trabalho do comércio varejista nas duas regiões afeta mais fortemente o setor de materiais de construção.

As informações são da Assessoria de Imprensa do Sincomércio do Pontal do Paranapanema/Alta Paulista.

Notícias Relacionadas