Presidente da OAB de Venceslau lamenta morte de advogado e cobra investigação

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Presidente Venceslau, a advogada Roseli Oliva, lamentou a morte do advogado Nilson Carreira, que foi assassinado na manhã desta quarta-feira (13) enquanto trabalhava em seu escritório localizado no Edifício Pioneiro em Presidente Venceslau. 

"Toda classe de advogados da cidade e região está chocada com a morte do Nilson em crime absurdo. Lamento profundamente o fato e fico consternada ao ver que estamos todos suscetíveis a violência. O Nilson foi morto dentro do próprio escritório, e assim, podemos dizer que morreu no exercício de sua profissão. É lamentável", disse Roseli Oliva em contato com a reportagem do PORTAL BUENO. 

Ela suspendeu o atendimento ao público na OAB de Presidente Venceslau e deve decretar luto oficial pela morte do advogado. "Não existe a menor condição de seguir com o atendimento ao público, estamos todos abalados. Estou em contato com a OAB em São Paulo para decretar o luto oficial", afirmou Roseli. 

A presidente disse que a instituição vai acompanhar de perto as investigações para elucidar o crime. "Já entrei em contato com o presidente estadual da OAB, Dr. Marcos da Costa, e ele vai acionar a Secretaria Estadual de Segurança Pública para auxiliar na apuração do que motivou essa morte tão bárbara."

Roseli acionou a Comissão de Prerrogativa e Comissão de Direiros Humanos, e além de manter contato com o presidente estadual da OAB, já comunicou o secretário geral da Ordem, Caio Augusto dos Santos. "Estamos todos mobilizados para cobrar uma investigação ágil e que faça justiça", falou. 

"Presto aqui minha solidariedade a todos os familiares de Nilson Carreira, uma pessoa íntegra, ótimo profissional, e que foi brutalmente assassinado no exercício de seu trabalho", finalizou Roseli Oliva. 

Notícias Relacionadas