Estão abertas inscrições para 2º Prêmio Facopp de Fotografia

O 2º Prêmio Facopp de Fotografia está com as inscrições abertas até 30 de setembro. O tema é “Mobilidade Urbana” e a premiação este ano passa dos R$ 7 mil em produtos como celulares, tablets e câmera fotográfica.

“O tema mobilidade urbana é muito presente na rotina de todas as pessoas e interfere diretamente na qualidade de vida de todos. A população se desloca diariamente, enfrenta e supera obstáculos, convive com o que é mais antigo e com a tecnologia”, explica a coordenadora do curso de Fotografia da Facopp, Carolina Costa Mancuzo.

Para Fabiana Alves, membro da comissão organizadora do prêmio, a decisão por este tema levou em conta um dos cenários mais fotografados por amadores e profissionais: a cidade. “Quem fotografa com regularidade está sempre com foco voltado para as cidades, para o meio em que vive”, explica.

Neste sentido, estão envolvidas no tema as formas de deslocamento utilizadas pela população e gestadas pelas administrações públicas, as estruturas que garantem o funcionamento do tráfego de pedestres e veículos, a acessibilidade, as inovações, aplicativos e as mais diversas tecnologias.

“Sobre rodas, trilhos ou mesmo a pé, as formas de transporte coexistem nas cidades brasileiras. A dificuldade deste convívio é um dos problemas mais democráticos do país, pois afeta igualmente a ricos e pobres, bem como também as soluções”, diz Fabiana Alves.

A Yticon, patrocinadora do concurso, identificou-se com o projeto e, especialmente, com o tema desta edição. Uma das maiores construtoras e incorporadoras paranaenses – que está abrindo em Presidente Prudente sua primeira unidade fora do Paraná –, a Yticon quer apoiar iniciativas culturais prudentinas da mesma forma que o faz em Londrina, cidade-sede da empresa. “Em Prudente, queremos escrever a nossa história e contribuir para o desenvolvimento da cidade. O tema ‘Mobilidade Urbana’ alinha-se fortemente com ao posicionamento da Yticon, pois sabemos o quanto este conceito é relevante junto ao público. Queremos fazer mais do que construir; queremos levar qualidade de vida aos nossos clientes. Por isso, fomentamos a economia compartilhada nos empreendimentos da Yticon, inclusive oferecendo bikes, entre outros itens, para os moradores”, expõe Maria Fernanda Beneli Vicente, gerente de Marketing da construtora.

NACIONAL
Este ano, o 2º Prêmio Facopp de Fotografia passa a ser uma premiação nacional. Os interessados não somente da região de Presidente Prudente, mas de todo o Brasil, vão poder participar.

Segundo Carolina Mancuzo, o próprio tema “Mobilidade Urbana” foi o responsável por abrir o concurso para todo território nacional já que é onipresente na vida cotidiana.

“Toda participação é online, então não tem por que limitá-lo à região de Presidente Prudente. Também temos como jurados pessoas que são expoentes na fotografia no mundo. Nosso objetivo é fazer com que haja uma valorização da fotografia não só no âmbito local”, diz.

Erick Keki é fotógrafo e participou do 1º Prêmio Facopp de Fotografia. No ano passado com a fotografia “Ponto de Vista”, Keki ficou em quinto lugar, entre as 13 fotos escolhidas. “É muito bom que esse ano o concurso seja nacional, porque dessa maneira vai se descobrir mais fotógrafos bons de várias regiões do Brasil e isso vai fazer com que o nível aumente”.

DIVISÃO EM CATEGORIAS
Além da novidade do prêmio ser nacional, as categorias agora são divididas entre profissionais e amadores.

Para o professor do curso de Fotografia da Facopp, Roberto Mancuzo, a entrada das categorias gera um limite mais exato do trabalho a ser desenvolvido.

“Amadores e profissionais trabalham com métodos diferentes, tanto operacionalmente como de maneira criativa e nada mais justo que colocamos esta distinção para que a escolha das fotografias consiga atingir um nível maior de qualidade”, explica.

PREMIAÇÃO
Para o primeiro colocado da categoria profissional, o prêmio oferecido é um iPhone 7 Plus, na segunda colocação um iPad New Apple e, por fim, em terceiro lugar um smartphone Samsung J7.

Já para os amadores, o terceiro e segundo lugares vão ser premiados com brindes e quem ficar em primeiro vai ganhar uma câmera fotográfica semiprofissional da Sony.

Devido à divisão entre os participantes, a premiação conta com duas comissões julgadoras para as respectivas categorias. Elas vão ser formadas por três grandes nomes da fotografia do país e de Presidente Prudente, integrantes da comunidade jornalística prudentina e membros da sociedade civil.

Os representantes das comissões vão ter os nomes divulgados no site a partir de 8 de outubro.

A exposição final das fotografias escolhidas, a mostra itinerante, vai ser composta por 26 imagens, metade sendo profissionais e a outra parte dos amadores. Já o calendário anual de 2019 vai conter as 13 fotos da categoria profissional.

A entrega da premiação vai ocorrer do dia 9 de novembro, às 20h no Teatro César Cava, que fica no Campus I da Unoeste.   

SERVIÇO
As inscrições para o 1º Prêmio Facopp de Fotografia vão até 30 de setembro de 2018 e devem ser feitas exclusivamente online a partir do endereço www.unoeste.br/premiofacoppdefotografia Tanto a ficha de inscrição, regulamento, e espaço para submissão das imagens como informações sobre o pagamento da taxa podem ser obtidos no site.

As informações são da Assessoria de Imprensa Facopp.

Notícias Relacionadas