Médica cubana é morta a golpes de chave de fenda pelo marido

O vigilante Dailton Gonçalves, de 45 anos, foi preso em flagrante após matar a mulher, a médica cubana Laidyes Sosa, de 37 anos, a golpes de chave de fenda no último domingo (3), em Mauá, na Grande São Paulo.

De acordo com o boletim de ocorrência, Gonçalves foi preso em flagrante após denúncia de familiares que passaram a placa do carro do agressor. Ele foi localizado nas proximidades da Estrada dos Fernandes, em Ribeirão Pires. Aos policiais militares ele confessou o crime e indicou onde o corpo estava enterrado.

O vigilante responderá por feminicídio e ocultação de cadáver. A chave usada no assassinato foi localizada na casa do casal e passará por perícia. De acordo com as redes sociais de Laidyes e Gonçalves, eles eram pais de um menino.

As informações são do site MSN Brasil.

Mais Notícias