Atirador matou tio antes de entrar em escola; Confira nomes das vítimas

Os dois assassinos que mataram ao menos oito pessoas em Suzano eram ex-estudantes da escola estadual Raul Brasil, disse o secretário de Segurança Público, João Camilo Pires de Campos.

As autoridades policiais divulgaram os nomes dos dois jovens que fizeram os disparos na manhã desta quarta-feira (13) em uma escola estadual de Suzano.

Os atiradores Guilherme Taucci Monteiro, 17, e Luiz Henrique de Castro, 25, mataram oito pessoas no atentado da manhã desta quarta-feira (13) na cidade de Suzano.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, divulgou os nomes das vítimas dos atiradores.

Foram mortos cinco alunos, todos meninos entre 15 e 16 anos, além de duas funcionárias da escola. A outra vítima é tio de Guilherme Monteiro, um dos atiradores, e recebeu os disparos dentro de uma loja de carros próxima a escola.

As vítimas são:

Caio Oliveira, aluno, 15 anos

Claiton Antônio Ribeiro, aluno,17 anos: ele foi baleado e morreu na escola. Igor Ribeiro, colega de classe, viu o estudante ser baleado: "Eu e mais um corremos pro lado e um de nós ficou, aí ele levou dois tiros", conta Igor.

Douglas Murilo Celestino, aluno, 16 anos: socorrido ao Hospital de Clínicas Luzia Pinho de Melo, foi a óbito.

Kaio Lucas da Costa Limeira, aluno, 15 anos

Samuel Melquíades Silva de Oliveira, aluno, 16 anos: frequentava a igreja com o pai. Segundo o tio, José Silva, o garoto ajudava o pai nas pregações da igreja Adventista do Sétimo dia. “Era um menino dinâmico e especial”, disse o tio.

Marilena Ferreira Vieira Umezo, funcionária, 59 anos: coordenadora pedagógica da escola. Era casada. Deixa filhos e netos. Foi a primeira pessoa a ser baleada na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), na manhã desta quarta-feira. Dava aulas de filosofia para o Ensino Médio e foi promovida a coordenadora pedagógica recentemente.

Eliana Regina de Oliveira Xavier, aluno, 38 anos: Era inspetora na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano.

Os dois atiradores foram ex-alunos da escola, de acordo com informações do secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, João Camilo Pires de Campos.

Os atiradores levavam consigo 4 jet loaderes, que são peças de plástico usadas como carregadores, uma arma de calibre 38, uma besta (espécie arma medieval que dispara flechas), uma caixa que aparenta ser explosivo e garrafas montadas como coquetéis molotov.

As autoridades policiais trabalham nas investigações para esclarecer as motivações do atentado.

Mais Notícias