Rute pede em São Paulo veículos para educação e retomada de obras da creche

A prefeita de Caiuá, Rute Almeida, protocolou na última semana em São Paulo pedido de dois veículos para o transporte escolar de alunos que residem na zona rural do município. Ela esteve na Secretaria de Estado da Educação com o secretário da pasta, Rosseli Soares, acompanhada do deputado estadual Ed Thomas , do vereador Jayme Alves e do chefe de gabinete da prefeitura de Caiuá, Zé Crente.

No ofício entregue pela prefeita nas mãos do secretario da educação, Rute destaca que a cidade de Caiuá possui várias estradas rurais que interligam nove assentamentos e três reassentamentos. “Fazemos diariamente o transporte de alunos em uma grande extensão de estrada rural, e temos uma parceria com o Governo já que transportamos alunos também para as escolas estaduais. O que precisamos é de ao menos dois novos veículos para transportar esses alunos com maior conforto”, afirmou Rute.

Ela destaca que há alguns anos a cidade de Caiuá não recebe veículos novos do Governo Estadual para o transporte de alunos. “Os nossos ônibus percorrem diariamente as estradas para levar os alunos da zona rural até as escolas, e isso ocasiona muitas quebras no veículo, desta forma, temos a necessidade de renovar e ampliar a frota municipal destinada a educação”, explicou a prefeita.

Creche na Agrovila 3
Outra reivindicação da prefeita Rute Almeida na secretaria de educação em São Paulo foi em relação a retomada das obras para construção da creche escola na Agrovila 3. “Desde o final do ano de 2016 que as obras estão paralisadas devido a problemas estruturais na construção que resultou na paralisação de repasses de recursos financeiros para que a escola pudesse ser concluída e precisamos muito que essa obra tenha sequencia”, falou Rute.

O munícipio de Caiuá ingressou uma ação judicial objetivando obrigar a empresa licitante ao cumprimento do contrato com vistas a imediata finalização da obra, cujo processo está em andamento.

“Para ofertar um bom atendimento aos alunos entraremos com novo requerimento de antecipação dos efeitos de tutela pretendida a fim de obrigar a licitante a finalizar a obra de acordo com os parâmetros traçados no edital”, explicou a prefeita.

O oficio foi entregue pela prefeita para Júlio Cesar Ramos, coordenador da Secretaria de Estado da Educação.

“Queremos o apoio do Estado para liberar novamente os recursos e a obra ter a conclusão o que vai beneficiar centenas de famílias que residem na zona rural”, finalizou Rute.

Mais Notícias