Reunião em Bataguassu aborda mecanismos para fomento do turismo regional

O município de Bataguassu a partir das ações do programa Cidade Empreendedora, ação da Prefeitura e Sebrae-MS está trabalhando para fomentar o turismo local. Com objetivo de desenvolver essa nova potencialidade, um encontro realizado no último dia 15 de maio, na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Meio Ambiente apresentou mecanismos de fortalecimento ao tema em âmbito regional.

Segundo o titular da pasta, Nilo José Perlin, na atividade, houve a apresentação do projeto “O Turismo como indutor do Fortalecimento das economias locais: O desenvolvimento regional na Costa Leste” desenvolvido pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Três Lagoas, projeto no qual resultou a criação do aplicativo "Turismo Costa Leste MS". 

O projeto, de acordo com o pesquisador Dr. Luiz Rosa Garcia Netto (UFMT), coordenador da atividade que tem parceria com o Curso de Sistemas de Informação da UFMS de Três Lagoas objetiva fomentar o turismo na região, apresentando atrativos turísticos, hotéis disponíveis para hospedagem; restaurantes e eventos tradicionais para turistas e demais visitantes que estiverem pela região. 

Segundo Netto, o projeto está sendo desenvolvido há três anos, com apoio do Governo do Estado de MS através da FUNDECT (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) e do Governo Federal, por meio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

O aplicativo já está em fase de teste disponível para celulares com sistema Android, podendo ser acessado via Play Store, de forma gratuita, baixado e até mesmo podendo receber colaboração com acréscimo de informações relacionadas aos municípios costa leste de qualquer pessoa.

Para Perlin, o aplicativo é mais uma ferramenta de divulgação do município.

Acompanharam a atividade, o professor Dr. Ricardo Marcacini e demais representantes de secretarias municipais. 

As informações são da Assecom de Bataguassu. 

Mais Notícias