Escondidos em frutas, cerca de 1 mil estimulantes sexuais são apreendidos na P2 de Venceslau

No último domingo (09), uma mulher foi flagrada com 993 comprimidos estimulantes sexuais, ao tentar entrar na Penitenciária “Maurício Henrique Guimarães Pereira”, a P2, em Presidente Venceslau, durante período de visita. 

As substâncias de coloração azul estavam escondidas dentro de seis frutos caquis e foram identificados no procedimento de revista em alimentos.

Diante dos fatos, a indiciada foi suspensa do rol de visitas, sendo, posteriormente, encaminhada ao plantão policial para adoção de medidas legais.

Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

Além desses registros, a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registou diversas tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos em presídios da região.

Outros casos

Penitenciária “Ozias Lúcio Dos Santos”, de Pacaembu

Uma mulher tentou entrar com cédula de RG falsa e acabou sendo flagrada pelo delito.

Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara”, de Presidente Bernardes

Durante procedimento de revista no scanner corporal, uma visitante foi flagrada com um aparelho de telefonia celular escondido em sua genitália. No dia seguinte, outra mulher foi flagrada nos mesmos moldes com cinco chips para aparelho de telefonia celular, escondidos no interior do solado de seu chinelo.

Penitenciária “Tacyan Menezes De Lucena”, de Martinópolis

Três mulheres foram impedidas de entrar na unidade prisional após serem flagradas pelo aparelho Body Scanner durante procedimentos de revista. Duas delas traziam cada qual um micro aparelho celular inserido na genitália. A outra também trazia o mesmo objeto, porém, fixado na roupa íntima.

Mais Notícias