4ª reunião do 'Programa Nosso Bairro' será realizada no dia 26 em Epitácio

Está marcada para sexta-feira, dia 26 de julho, a 4ª reunião do Programa Nosso Bairro – Lotes Urbanizados em Presidente Epitácio. O encontro será na Praça da Criança, ás 18 horas.

Nas reuniões anteriores foi apresentada a metodologia do programa e entregues as fichas cadastrais, porém as famílias que não participaram destes encontros ainda podem se cadastrar no Programa na próxima reunião.

Durante este encontro, os novos integrantes do projeto poderão conhecer e tirar todas as dúvidas referentes ao projeto. Neste dia também será explicado às próximas etapas do Programa, e a escolha da área adequada para fazer a aquisição coletiva. A escolha desta área esta agendada para o inicio do mês de setembro.

Até agora foram entregues em Presidente Epitácio 3.200 fichas cadastrais preenchidas.

A implantação do Programa no município tem o apoio da Prefeitura.

Programa Nosso Bairro
O Nosso Bairro – Lotes Urbanizados é um programa que tem como objetivo a aquisição coletiva de lote habitacional. As famílias, por intermédio da Fenahis (Federação Nacional da Habitação de Interesse Social), fazem a compra em conjunto de uma área e projetam o loteamento de interesse social.

A aquisição da área habitacional será feita de forma coletiva. O contrato é feito em nome da Fanahis - pessoa jurídica - que representará as famílias e ficará responsável pela negociação com o dono do terreno a ser adquirido.

O grupo de pessoas que participar da iniciativa não pagará pela terra o valor de mercado, mas sim, um preço mais baixo, com condições e valores facilitados. Com isso, poderão conquistar o seu lote e construir a sua residência.

“Pesquisamos vários sistemas pelo Brasil e encontramos essa metodologia que dá certo e ajuda as famílias a conquistarem seu lote. Tendo o lote, a família vai construindo a casa aos poucos, porém o lote ela não consegue ir comprando aos poucos”, explica o deputado Ricardo Izar, que também é o coordenador da frente parlamentar da Habitação do Congresso Nacional.

Critérios
Os interessados devem atender alguns critérios. Ser maior de 18 anos e não ter casa ou terreno próprio. Não é preciso comprovar renda. Mesmo quem tem restrição no nome pode participar. Também não existe idade máxima para se cadastrar no projeto social.

Mais Notícias